O Livro dos Deuses – M. S. Severo

O_LIVRO_DOS_DEUSES_1285702575P

 

 

“Os homens são como crianças que precisam ser orientadas. Eles são cegos para a verdade, mas talvez ainda haja tempo para fazer com que eles enxerguem a luz.

Fico imaginando Arcturus entre os hums, e tudo o que construíram, resistindo aos cataclismos, contra todas as probabilidades. Isso me fez ter fé nos homens.”

 

O Livro dos Deuses – O Livro de Prometeu, página 66

 

 

 

O que conhecemos sobre o nosso passado? As questões a cerca de nossa origem e raízes constantemente nos cercam, mas onde estariam as respostas para nossas dúvidas? As lendas, mitos e crenças tentam nos apresentar a sua visão sobre isso, porém, o que Eles nos dizem disso? O Livro dos Deuses irá te revelar tudo...

 

Houve um tempo onde o planeta Edhen era reinado pela paz e sabedoria de seus dois lordes, Alfa e Ômega, mas as trevas se apoderaram de Ômega e instaurou-se a guerra entre os povos. Levados a optar por um dos lados, o povo precisou escolher a quem defender: os Asires, defensores de Alfa ou os Vedas, guerreiros de Ômega. Com o desenrolar da guerra, o lado perdedor estava fadado ao castigo: o exílio. O castigo dos deuses promete mudar, para sempre, o rumo dos homens.

 

O Livro dos Deuses é separado pelas fases que os deuses passaram durante a guerra, o exílio e os cataclismos, mas principalmente sobre o surgimento e formação dos homens. O Primeiro Livro do Exílio retrata a guerra e o castigo imposto por Alfa aos Vedas. O Segundo Livro do Exílio é o relato de um Veda, exilado em outro planeta, lutando pela sobrevivência e a harmonia de seu povo em meio ao desconhecido. As conseqüências do exílio são descritas em O Livro de Prometeu, um manuscrito sobre a importância da evolução dos seres com a convivência com os Deuses e a formação de uma sociedade, e em O Livro Proibido, uma aventura de tirar o fôlego sobre as escolhas que fazemos e a consciência de nossas ações.

 

Cada “livro” é um episódio a parte na história, mesmo seguindo uma sequência cronológica, é como se os eventos ocorressem à parte do todo. Em cada etapa, novos personagens são apresentados, como Arcuturus, protagonista do Segundo Livro do Exílio, um Deus que descobre os habitantes ‘selvagens’ do planeta e investe nos ensinamentos e sabedoria como forma de transformar os seres. Por ter acreditado e conseguido fazer ‘selvagens’ em ‘hums’, os primórdios dos homens, em seres civilizados, racionais e pensantes, os Deuses passaram a admirar e apreciar o que os homens tinham a lhe mostrar. Mas nem sempre foi assim, e a luta de Baal (Prometeu, e outros) para defender a terra dos homens da ganância de seus Deuses, em O Livro Proibido, revela como a humanidade foi capaz de tocar até o paraíso (na verdade, planeta de Edhen), mas sofrer as consequências.

 

Levei um tempo para escrever esta resenha pensando: “o que direi sobre o livro?”. Acho que se pudesse resumir o que senti ao lê-lo, em uma frase, seria: “surpreendentemente encantador”. Conheci o M.S. Severo pelo Skoob e logo que ele me apresentou seu livro, elogiei de cara a arte gráfica dele, uma capa belíssima e que, após a leitura, posso afirmar que combina perfeitamente com o enredo. A temática do livro sempre fez parte das minhas escolhas literárias. Adoro narrativas que envolvam descobertas, um tanto de religião e crenças, mais um pouco de história e uma trama muito complexa que contemple tudo, faça uma bela mistura e tenha um resultado inovador e peculiar. Isso que encontrei ao ler O Livro dos Deuses.

 

Em uma história singular, reunindo Deuses e fatos que marcaram a história, como Atlântida, Éden e Babel, Severo criou uma fantasia sobre a criação do nosso planeta, cultos e adoração aos deuses, e principalmente, sobre a criação (no caso, transformação) do homem como um ser. Toda a evolução demonstrada pela história, aqui no Livro dos Deuses, é apresentada como uma interferência ‘divina’, um convívio com os Deuses que dividiram seus conhecimentos e educaram o homem para se tornar um ser racional e civilizado. Por outro lado, apresenta à ira dos Deuses, sua ganância e a fome de poder, que leva a agir sobre os humanos de outra forma.

 

Como já deu para perceber, O Livro dos Deuses é uma narrativa inovadora, envolvente e que promete te surpreender. Com argumentos muito eloqüentes e uma base com poderosos alicerces fantásticos, acessar os documentos sagrados a respeito da origem da vida nunca foi tão prazeroso. Mesmo sendo um livro muito pequeno, em minha opinião, a leitura é rápida e a narrativa dinâmica, o que não compromete o desenvolvimento da história (apesar de desejar que tivessem muitas folhas a mais desta fascinante história!). Ótima pedida para fãs de história, mitologia e uma sagaz busca por revelações acerca da vida. Não deixe de ler e se surpreender com o que Eles têm a dizer... Leia O Livro dos Deuses!

 

          71058_216169690840_6480306_q            blogger logo

 

 

Título Original: O Livro dos Deuses

Autor: M. S. Severo

Ano de Lançamento: 2010

Número de Páginas: 120 páginas

Editora: Giz Editorial/ Livrus

Onde Comprar: AutorEditoraLivraria Cultura

Sinopse: O que sabemos sobre nosso passado? Sabemos, e de maneira muito superficial, que nossa história oficial remonta há pouco mais de 5 mil anos. Couberam aos mitos e às lendas suprirem as dúvidas dos homens quanto à sua origem. As mitologias, das mais diversas culturas, nos contam sobre os deuses. Seres fantásticos, vindos das estrelas para auxiliar o homem primitivo no árduo caminho da evolução, mas que, subitamente, desapareceram. Eventualmente, surgiam fragmentos da passagem destes seres pelo nosso planeta, mas nada capaz de comprovar definitivamente a presença dos deuses entre os antigos humanos. Finalmente, um antigo livro, até agora mantido entre pequenas sociedades, ressurgiu para jogar uma nova luz sobre a questão. Há milhares de anos, uma civilização, não tão diferente da nossa, esteve no planeta Terra, e quando partiu, deixou-nos um incrível legado. Prova da avançada tecnologia destes viajantes do espaço está na codificação de seus ensinamentos, pois, somente quando atingirmos uma consciência mais elevada, seremos capazes de desvendar seus mistérios e de receber a dádiva deixada pelos deuses mitológicos. O Livro dos Deuses, uma nova peça deste grande enigma, é um cânon que reúne textos redigidos pelos próprios seres celestes que estiveram entre nós, ou pela visão de humanos a cerca destes seres. Estes manuscritos narram a chegada, as batalhas e, finalmente, a partida dos deuses, abandonando nosso planeta com a promessa de retornarem um dia. Leia o Livro dos Deuses e participe desta magnífica jornada decifrando os antigos enigmas, antes que seja tarde...

Avaliação: ««««

12 comentários:

paros28 disse... [Responder comentário]

Eu já estava de olho no livro, passo por ele todo dia na banca, mas sempre esquecia de procurar alguma resenha que falasse sobre ele.

Dona Rê resolveu esse problema, ou melhor criou um kkkk vou ter que comprar o livro, não sei se te amo ou odeio, odeio por fazer gastar kkkk mas ficou com o te amo pois a resenha é excelente.

beijos

Gabriela. disse... [Responder comentário]

Parece um bom livro. Vou procurar pra mim. Ótima resenha.

Daniel disse... [Responder comentário]

Olha não havia ouvido falar desse livro ,mas posso dizer que despertou muito interesse ainda mais por envolver dois assuntos muitos bons religião e mitologia ,que percebi serem abordados de uma forma inovadora ,parabéns pela resenha ficou muito boa.

Maryzlane Sarah disse... [Responder comentário]

Cara já quero muiiiiiiiiiiiito esse livro, sou verdadeiramente apaixonada por mitologia e essas coisa. *-----*

Li Um Livro disse... [Responder comentário]

Um livro diferente, que parece ser bem legal.
Gostei da resenha, várias pessoas estão recomendando. =)

Guto Fernandes disse... [Responder comentário]

Gostei muito de conhecer esse livro, que já tinha visto a capa e algumas resenhas por ai, mas nunca dado atenção para ele.

Com essa resenha deu para sentir como a narrativa dele é rica em detalhes históricos, mitólogicos e reflexivos, uma combinação que me atrai muito desde sei lá quando. Achei interessante essa divisão do livro, ajuda a criar um clima mais épico ao conteúdo por estes serem fragmentados e contarem partes de um todo.

Mais uma resenha muito bem escrita, que conseguiu expor bem as qualidades da obra e ainda dar uma boa ideia do que esperar nas páginas de O Livro dos Deuses.

Parabéns meu amor!

M.S.Severo disse... [Responder comentário]

Olá Renata!

Muito obrigado pelo espaço em seu blog. Sua resenha ficou ótima

Um abraço, do tamanho do Rio Grande!

M.S. Severo

­Nanda disse... [Responder comentário]

Adorei a resenha *-* eu nao sou muito fã de mitologia e essas coisas, mas esse até que parece interessante =D Não sei se vou ler ou comprar pra mim, kkkk. mas se ele aparecer por aqui de repente, leio com certeza XD

A Guardiã disse... [Responder comentário]

Eu adorei este livro quando eu li ele no ano passado...o Severo conseguiu divinamente mesclar história, mitologia e fantasia. O Livro ficou bárbaro e todas as hipóteses levantadas ficaram muito plausíveis...eu em diversos momentos me perguntei..."mas será que não foi realmente assim??"

Parabéns pela resenha amiga!!

Lorics RJ disse... [Responder comentário]

Não conhecia esse livro, mas tenho a impressão de que já ouvi falar. O tipo de história e blablabla não me atraiu muito não, mas tá só 22 e é pequeno, então acho que vou ver se compro. Já coloquei no skoob pra lembrar. haha
"mais um pouco de história e uma trama muito complexa que contemple tudo, faça uma bela mistura e tenha um resultado inovador e peculiar" isso me fez lembrar de A Passagem do Justin Cronin, já leu/ouviu falar? Esse tem 814/15 páginas, mas é muuito legal. muuito... não sei, ainda não consigo falar do livro direito. Fiquei em choque quando terminei HUAH Se tiver um tempo, leia. \o


Dana
@loricsrj

Mireliinha disse... [Responder comentário]

Tô bem curiosa pra ler esse livro, rê!
Ótima resenha!

E o layout e tudo o mais do Guria tá LINDO!
Parabéns!

:***

Lucia Marina disse... [Responder comentário]

Oi!

Outro dia a saraiva.com me sugeriu esse livro, salvei a página para pegar mais informações depois. Gostei bastante.

Bjos!

Postar um comentário

 
Guria que lê © 2010 | Desenvolvido por Chica Blogger | Voltar para o topo